segunda-feira, 4 de maio de 2009

Sudden Silence [Pequenas Coisas da Vida]

I've noticed that, unlike so many people, I like the silence. Not the common silence, because like I am saying it is just too common. I like the sudden silence: a friends gather, beer, talking, shouting and suddenly the silence, people say it's caused by the passage of an angel, maybe it is.
However, it isn't quite that silence that has passionate my heart, though it also puts a smile on my face, the one silence I am talking about it's as when you're walking on the street, minding your own business, when your head is as noisy as everything around. Out of nowhere, totally unexpected: the cars stop passing by and the voices cease and it is silent...
It catches your attention better than if someone had shouted at you, it has been happening to me. Twice this last few days and it makes me so happy. I don't even know why. It just puts peace in my, lattely troubled, mind. It weirdly makes me realize how alive I am, how lucky I am, how well I can do in life.
All that from the sudden silence. That second in life, which makes so easier to understand everything that has already happen to you. All that crazyness you live in is just behind and ahead but not in that silent moment...
I wish I could ask one of these moments to the shooting stars, but if my wish came true it wouldn't be sudden.

.

Eu notei que, diferente de muitas pessoas, eu gosto do silêncio. Não o silêncio comum, porque como eu estou dizendo ele é tão comum. Eu gosto do silêncio repentino: uma reunião de amigos, cerveja, falação, gritaria e de repente o silêncio, as pessoas dizem que é causado pela passagem de um anjo, talvez seja.
No entanto, não é bem esse silêncio que deixou meu coração apaixonado, apesar de também colocar um sorriso em meu rosto, o silêncio do qual eu falo é como quando você está andando na rua, cuidando dos seus próprios problemas, quando sua cabeça estão tão barulhenta quanto tudo em volta. Vindo do nada, totalmente inesperado: os carros param de passar e as vozes cessam e está silencioso...
Chama mais sua atenção do que se alguém tivesse gritado com você, tem acontecido comigo. Duas vezes esse últimos dias e me deixa tão feliz. Eu nem sei por quê. Simplesmente coloca um pouco de paz na minha, ultimamente atulhada, mente. Estranhamente me faz perceber o quão viva eu estou, quanta sorte eu tenho, quão bem eu posso ficar na vida.
Tudo isso por causa do silêncio repentino. Aquele segundo na vida, que faz tudo que já aconteceu com você tão mais fácil de ser entendido. Toda a locura na qual você vive está simplesmente antes e depois, mas não naquele silencioso momento...
Queria pode desejar um momento desses às estrelas cadentes, mas se meu pedido fosse realizado não seria repentino.

3 comentários:

Yes!!! disse...

putz e verdade nunca tinha pensado nisso...
o silencio do bjo numa pessoa especial tbm me deixa alegre

Anônima~" disse...

nossa, perfeito.
eu sou apaixonada por silêncio também !
Lhê

Duduzim disse...

E o q fazer na hora do silêncio? pede mais um pro anjinho.
Estrelas cadentes não estão em alta(anh, anh?)

...ou grite.

Eu grito.