domingo, 21 de setembro de 2008

A Batida Perfeita


Sexta à noite; balada com as garotas: DIVERSÃO. Sentir cada música em busca do ritmo que faça você se sentir livre. Voar nos sons. Esquecer os outros reparando em você. Ter aquelas poucas horas onde o universo se restringe àquelas paredes que vibram com cada nota. As ondas fazendo com que o seu coração acelere. E de repente, algo faz você bater em uma parede invísivel que te lembra o quanto você não está isenta do resto da humanidade. Você obviamente não vai descobrir a batida perfeita naquela noite...
Sábado à noite; filme com o namorado: ROMANCE. Sentir cada toque em busca do contato que faça você se sentir protegida. Mergulhar nos abraços. Esquecer os pais no andar de baixo. Ter aquelas poucas horas onde o universo se restringe àquelas paredes que felizmente não podem testemunhar contra o seu inocente filme. Os beijos fazendo com que o seu coração pare por frações de segundo. E de repente, você se dá conta... A batida perfeita era sua o tempo todo, mas você só percebe quando encosta a cabeça no peito dele. ♥

2 comentários:

mandinhacf disse...

=/.
Nossa fiquei sem palavras...
Mas sei muito bem o que você quis dizer em cada palavra.
Pra mim lá, tudo foi bem estranho, mas acho que só ficarão boas lembranças...eventualmente.
Realmente à procura da batida perfeita, que bom que você reencontrou a sua.
Tô bem, mas bem mais feliz por você...=]
Qualquer coisa...
tô aquiiii..hihihi

Beijão.

Fernando Vidotto disse...

Love you!

my heart beats for you know and forever!